quinta-feira, 26 de julho de 2012

Derrota e pressão pela saída de Juvenal


A derrota fora de casa para o último colocado do campeonato por 4 a 3 instalou a crise no clube são paulino. Hoje os muros amanheceram pichados pedindo a saída do “Ditador Juvenal Juvêncio”.
A torcida continua muito abalada pela queda na Copa do Brasil e o time até estava bem no Campeonato Brasileiro, mas parece que o clima dentro do clube não vem ajudando a manter uma estabilidade.

Sobre o jogo de ontem, que chegou a ficar 4 a 1 para o Atlético-GO, no primeiro tempo, podemos considerar algo atípico, porém mostra que o São Paulo não tem um time organizado, pois ninguém toma 4 gols em 45 minutos por acaso. O ataque ainda tentou uma reação no segundo tempo de jogo e conseguiu fazer dois gols, porém o empate não veio.

A situação esta semana será bem complicada no clube, que já dá indícios da saída de Lucas para o Manchester e Luís Fabiano insatisfeito pela não valorização da torcida, pode não ficar.

Será que Juvenal segura essa? Já demitiu o Leão, que era o problema, e agora com o Ney Franco continua igual ou pior. Será que sobrará para o técnico novamente?


Foto: Eduardo Anizelli/Folhapress