quinta-feira, 15 de novembro de 2012

Brasil empata em 1 a 1 com a Colômbia



E o jogo mil da seleção brasileira ficou no empate. Com gols de Cuadrado no primeiro tempo e Neymar no segundo tempo, o Brasil não conseguiu superar o rápido time colombiano.

Foi um jogo bem movimentado, principalmente no início do jogo por parte dos colombianos, com ótimo preparo físico e rapidez, mas a defesa do Brasil superou bem a pressão e não deixou Falcão Garcia em condições de chutar para o gol de Diego Alves. A única oportunidade em que eles conseguiram chegar próximos ao gol de Diego, foi pela lateral direita, com Cuadrado, que bateu cruzado, a bola ainda bateu no goleiro, mas o chute forte tinha destino, o gol brasileiro.

O jogador foi um dos destaques ofensivos da Colômbia
Foto: Reuters


Uma pergunta ao Mano Menezes, por que justo Leandro Castán estava marcando na lateral esquerda? Eu acho ele um bom zagueiro, mas não é rápido o suficiente para marcar um jogador que joga na ponta.



O primeiro tempo ficou com cara de injusto no sentido de chances criadas. O Brasil teve 2 chances claras, um com Kaká e outra com Neymar, de cabeça. Kaká ainda mandou uma bola na trave em um lance de fora da área em que tentou encobrir o goleiro.

Mas o resultado do primeiro ficou com o time que já está mais ajustado, com mais ritmo de jogo e entrosamento.

No segundo tempo, em um lance em que só craque conseguiria fazer, Neymar cortou o zagueiro e chutou, a bola entrou no canto, sem chances para o goleiro Ospina.

Jogadores do Brasil comemoram o gol de empate
Foto: Mowa Press
 
O Brasil ainda seguiu em busca do empate e em jogada de bom toque de bola Daniel Alves sofreu pênalti após ser derrubado por Pablo Armero. Neymar foi para a cobrança, sob desconfiança da torcida que estava em casa, errou mais uma vez, desta vez foi o pé de apoio que escorregou antes de ele bater, mas o fato é que não é um bom batedor de pênalti. Bom batedor de pênalti precisa estar no máximo a 3 passos da bola. Sempre que o jogador dá uma corridinha para bater um pênalti, pode contar com 50% de chances de ele errar.

Mas foi um bom teste para o Brasil, que enfrentará grandes times na Copa das Confederações e ainda não ganhou de nenhum que está no Top 10 da FIFA, preocupante para quem quer ganhar a Copa de 2014.