sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Mano Menezes não é mais Técnico da Seleção


Realmente, como o Mauricio Stycer disse, foi a Black Friday para o Mano Menezes.

O RH de algumas empresas recomenda que você não demita as pessoas nas sextas-feiras, pois pode causar traumas e transformar um dia que é tradicionalmente feliz em um dia triste. Mas como eu acredito que a CBF não tem RH ou não respeita esta regra, hoje foi decretada a saída do treinador que não conseguiu formar uma base para a seleção que disputará a sua mais importante Copa do Mundo. Pelo fato de não ter vencido em 1950, a cobrança será em dobro e precisaremos de uma equipe muito bem taticamente para suprir a carência de craques que já tivemos, como Ronaldo, Ronaldinho Gaúcho e Rivaldo em um mesmo time. Neymar, Oscar, Lucas e Ganso ainda precisam de experiência internacional como jogadores que decidem grandes jogos, contra grandes seleções.

Eu apenas achei estranho o momento desta demissão, pois Mano já passou por pressões maiores, como após a queda na Olimpíada.

Pode ser difícil de assumir, mas o time de Dunga tinha bons resultados e estava bem ajustado em um padrão tático já estabelecido pelo treinador, coisa que Mano Menezes teve tempo de fazer e não conseguiu.

Acredito que esta demissão pode ser dolorosa, mas é justa e necessária para um país que anseia tanto comemorar um mundial em seu território.
Ganhar Copa do Mundo ninguém pode garantir, mas precisa ter um time competitivo como sempre foi a seleção brasileira.

Fotos: Editoria de Arte / Globo