sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Desentrosado, Palmeiras vence o Sporting Cristal


Após uma série de dispensas e contratações, o Palmeiras conseguiu vencer em sua estreia na Libertadores.

O primeiro tempo mostrou o quanto o time está sofrendo com o desentrosamento e falta de atacantes. Sem Barcos (que foi para o Grêmio) e Maikon Leite (machucado), o responsável pela criação de jogadas passou a ser Souza, pois o meia Patrick Vieira jogou mais avançado. Até o zagueiro Vilson, estreante, avançou bastante no primeiro tempo e arriscou alguns bons chutes de fora da área.

Com tanta dificuldade de entrar na área do adversário pelo toque de bola, foi da salvadora bola aérea que saiu o primeiro gol. Após um escanteio batido por Wesley, Henrique, que já está virando artilheiro, fez o gol de cabeça.

Após o gol, o Palmeiras tentou mais jogadas pelo chão e teve claras chances para ampliar o placar.
O segundo tempo começou desta mesma forma, o Sporting Cristal não incomodava o Palmeiras, mas o estreante Marcelo Oliveira fez um pênalti besta em Lobatón. Lobatón mesmo quem cobrou, sem chances para Prass.

Pressionado, o Palmeiras conseguiu o gol que aliviou sua situação e a amenizou a falha de Marcelo Oliveira ao cometer um pênalti desnecessário em um momento em que a equipe tanto precisava da vitória. Em boa jogada entre Caio e Patrick Vieira, sobrou para o meia soltar a bomba e definir o placar final da partida: 2 a 1.

Zagueiro foi o líder do Palmeiras em campo.
Foto: Leandro Moraes/UOL