sexta-feira, 29 de junho de 2012

Final da Eurocopa: Itália x Espanha


Itália: os críticos até podem dizer que o seu estilo de jogar não é bonito e que normalmente ela consegue gols chorados nos últimos minutos dos jogos e se classifica. Mas novamente ela está em uma final. Possui um histórico de conquista em copas do mundo apenas inferior ao da Seleção Brasileira. É tetracampeã de Copas do Mundo e foi uma vez campeã da Eurocopa.

Espanha, de futebol envolvente, com ótimo toque de bola. Base do time do Barcelona está presente nesta seleção. Atual campeã da Copa do Mundo e da Eurocopa, não há como dizer que ela chegou ate a final por acaso.

Este jogo tende a começar com uma Espanha tocando a bola e tentando criar jogadas, mas a forte e segura defesa italiana segurando a pressão.

Há um duelo particular neste jogo. As Muralhas Iker Casilas e Gianluigi Buffon. Dois goleiros consagrados e que estão entre os melhores do mundo, disputarão quem terá a chance de sair com a taça e talvez ganhar a fama de salvador, após fechar o gol.

Analisando os dois times e seus jogadores, acredito que um deles, que já decidiu na semifinal, pode fazer novamente a diferença e ajudar a Itália a conquistar a taça.

Mário Balotelli, além de suas célebres frases, como esta ,

'Comemorar gol por quê? O carteiro vibra quando entrega carta?' (após não comemorar os gols contra a Alemanha),

possui grande frieza, potentes chutes e um poder de decidir uma partida maior do que qualquer jogador espanhol.

Forza Azzura e Que Venha El Toro.
 

 
AFP PHOTO / PATRIK STOLLARZ