domingo, 16 de dezembro de 2012

Ah Ahly pressiona, mas perde do Monterrey



Parece característica do time egípcio o bom toque de bola, domínio de boa parte do jogo, criação de boas chances, mas imprecisão na hora de definir o lance. Foi assim, da mesma forma que aconteceu contra o Corinthians, que aconteceu na decisão do 3º lugar do Mundial de Clubes.

O time mexicano foi praticamente dominado o jogo todo, mas com 3 minutos de jogos, em um bate cabeça entre goleiro e zagueiro, a bola sobrou limpa para o atacante Corona empurrar para o gol. O ah Ahly teve chances de todas as formas, mas toda a categoria que eles têm para cadenciar, ditar o ritmo de jogo, é nula se comparada à qualidade para chutar a gol.

No segundo tempo, mais um lance cara a cara e os Monterrey ampliou. Placar final 2 a 0.

Parabéns Ah Ahly pela garra e Monterrey pela eficiência.